O PROBLEMA DA INTEGRALIDADE

ANÁLISE A PARTIR DA IDEIA DE COMPLEXIDADE E DO PENSAMENTO SISTÊMICO, EM VISTA DA TEOLOGIA DA MISSÃO INTEGRAL

  • João Marcos de Almeida Lima, sr FLAM
Palavras-chave: Integralidade. Teologia. Missão Integral. Complexidade. Pensamento Sistêmico

Resumo

O artigo discute o conceito de integralidade, a partir de duas abordagens distintas. A primeira baseia-se no pensamento do filósofo Edgar Morin a respeito da complexidade. A segunda, em Fritjof Capra que desenvolve o pensamento sistêmico. Ambos argumentam como uma cosmovisão integradora é benéfica para gerar conhecimentos, trabalhar na resolução de problemas e mudar de forma significativa a realidade presente. É importante ressaltar a dificuldade em ter um pensamento integrador, tendo em vista o histórico de desenvolvimento do método científico que fragmenta, delimita e minimiza sua abordagem. As teologias presentes na América Latina, até o século XX, não correspondiam ao contexto das comunidades aqui presentes. A integralidade, para a teologia, surge então como uma via libertadora e contextual, procurando extrair das Escrituras a verdade do Evangelho de Cristo que responda aos questionamentos presentes em seu contexto. A partir do pensamento desses dois autores, busca-se aqui um possível caminho para um fazer teológico latino-americano integral e contemporâneo.

Publicado
2019-05-07
Seção
TEMAS TEOLÓGICOS